Far Away

0 notas

”Esse jeito esquisito que Jesus tinha de preferir os piores me faz pensar na beleza dos avessos. Às vezes a gente, na pressa de encontrar, não vê.
Quantas vezes na minha vida eu desprezei as pessoas porque eu considerei o agora? É tão doído, né? A gente ser visto somente a partir do presente.
Quando as pessoas olham pra gente e só enxergam aquilo que a gente tem no momento. Isso é fascinante em Jesus.
Por isso Ele era capaz de preferir quem Ele preferia. Porque Jesus não era um homem que se prendia no presente…
Eu acredito - e acho interessante isso - que os amantes nunca esgotam as criaturas amadas. Porque o amor sobrevive de futuro, né?
Ele consegue enxergar o que a gente ainda não viu… A pessoa que ama consegue enxergar o que o outro ainda não é. Vê o avesso. Vê o contrário da situação.
É tão bonito a gente pensar que a beleza do tecido tem um sustento, uma trama que está por trás de tudo isso.
Compreender as pessoas, amá-las, só é possível a partir do momento que a gente entra na trama do avesso.
Quando a gente não enxerga somente aquilo que os olhos podem revelar, podem conhecer, mas sobretudo aquilo que ainda está oculto.
Deus nos ama assim. Porque consegue enxergar o que a gente ainda não é, mas o que a gente ainda pode ser.”

- Fábio de Melo

374 notas

É que não vale a pena perder tempo com o que é detestável. E a vida passa rápido demais pra gente ter que engolir um bando de filho da puta com energia ruim. É por isso que a gente deve procurar se cercar de quem quer o nosso bem. Gente transparente, com decência no olhar e no coração.
Clarissa Corrêa. (via clarissacorrea)

829 notas

Já perdi as contas de quantas vezes tentei ser o que os outros queriam que eu fosse. Então decidi ser como sou. No começo foi difícil, pois nem eu sabia direito quem era. Mas hoje estou super à vontade dentro de mim. Ainda bem.
Clarissa Corrêa (via clarissacorrea)

631 notas

Acho que em alguns dias a gente acorda meio louca. Não tem outra explicação. Dá uma saudade de coisas que já passaram, de coisas que nem vivemos direito, do que nem sabemos ao certo. E uma vontade de trocar de nome, de corpo, de cabelo, de profissão, de país, de vida.
Clarissa Corrêa (via clarissacorrea)

108 notas

É doentio ver que algumas pessoas criam todo um mundinho, acreditam nele e mentem descaradamente para os outros. Mas eu acredito muito que o que a gente faz volta de uma forma ou de outra pra gente.
Clarissa Corrêa. (via clarissacorrea)

238 notas

Nunca pensei que teria essa capacidade de amar de um jeito tranquilo. Eu achava que o amor é aquilo que te deixa acelerado, estupefato, insone, maluco. Me perdoe a ignorância, mas eu não sabia. Eu não sabia até conhecer você, até construirmos a nossa vida juntos. O amor é um sofá cama confortável em que podemos sentar ao fim de cada dia e compartilhar pequenas conversas, pequenos risos, pequenos pedaços da vida. O amor é uma sacada aberta onde o sol aquece e o vento seca. O amor é olho no olho, é mentira apagada com borracha, é sonho que tem continuação e vontade que nunca cessa. O amor é o erro reconhecido, é o perdão concedido, é a verdade crua. O amor é saber ser. O amor é querer estar. E permanecer apesar do vendaval, dos buracos fundos, do que dizem.
Clarissa Corrêa. (via clarissacorrea)

148 notas

Procurei palavras bonitas para te escrever. Vasculhei dicionários, gavetas e gramáticas, mas não encontrei nada que pudesse dar uma definição exata do meu sentimento por você.
Clarissa Corrêa. (via clarissacorrea)